Mansão do Caminho – Inauguração da Estação de Tratamento de Água

O entendimento da realidade espiritual está intrinsecamente vinculado à transformação moral do indivíduo. Não há como se falar em ser melhor espiritualmente sem ter um comportamento mais consentâneo com os valores morais e, portanto, do Cristo-Jesus.

Nessa transformação, há que se ter um olhar mais acurado para os bens materiais que o Criador colocou nas nossas mãos e que possibilitam que sejamos melhores. O cuidado com a Natureza e seus mananciais de energia deve ser, portanto, uma preocupação constante do ser humano, Espírito encarnado. Porém, o objetivo não pode ser apenas prover condições materiais melhores para si próprio. É preciso entender que o desenvolvimento material e intelectual tem ter como consequência, em algum momento da jornada do Espírito, o crescimento moral, finalidade maior dos Espíritos.

A Mansão do Caminho é um exemplo de que a atividade espírita pode transformar a vida do Ser, tanto moral quanto materialmente. Ao trabalhar para o esclarecimento, que ilumina todos os que se deixam tocar pelas suas ações e atividades no campo espiritual, demonstra através de ações no meio físico que é determinante também para conduzir o homem a um cuidado mais intenso com o meio ambiente.

Portanto, parabenizamos a Instituição pela inauguração da sua Estação de Tratamento de Água – Giancarlo Chitto.

Preservarmos todos os bens que a natureza nos propicia é um dever de civilização e de cultura, em que a criatura faz parte da Criação não como usufruto, tornando-se cocriadora, porque preserva a vida e ajuda a Humanidade a crescer.” Divaldo Franco.

119 Visita(s) a esta matéria.