COVID-19, o que devo saber.

Imagem de Gerd Altmann por Pixabay

Perguntas Frequentes

O que é coronavírus?

Imagem de Gerd Altmann por Pixabay

Os coronavírus são uma grande família de vírus que recebem este nome por terem na sua estrutura uma espécie de coroa. Em humanos, sabe-se que vários coronavírus causam infecções respiratórias que variam do resfriado comum a doenças mais graves. O coronavírus descoberto mais recentemente causa a doença COVID-19.

O que é COVID-19?
A COVID-19 é uma doença infecciosa causada por um tipo de coronavírus descoberto mais recentemente, o SARS-COV-2. Esta nova doença era desconhecida antes do início do surto em Wuhan, na China, em dezembro de 2019.

Quais são os sintomas da COVID-19?
Os sintomas mais comuns do COVID-19 são febre acima de 37,8°C, cansaço e tosse seca. Alguns pacientes podem apresentar dor no corpo, dor de garganta, congestão nasal, coriza ou diarreia. Para a maioria das pessoas, esses sintomas serão leves e cerca de 80% irão se recuperar sem necessidade de tratamento especial.

Cerca de 1 em cada 6 pessoas pode apresentar quadros graves e desenvolver dificuldade em respirar.

Como devo proceder para realizar o exame?

Imagem de mattthewafflecat por Pixabay

Antes de tudo, é importante que você saiba que para realizar o exame do Coronavírus, é necessário ter um pedido médico, que poderá ser solicitado após triagem clínica. Ou seja, não há a possibilidade de realização do exame dirigindo-se diretamente a uma unidade de saúde.

O Ministério da Saúde declarou que os esforços para realização dos exames estariam direcionados para os casos graves e pacientes internados nas regiões em que a transmissão comunitária estiver estabelecida. Vale destacar também que os laboratórios da rede privada estão deixando de prestar atendimento ambulatorial para priorizar os pacientes internados.

Dessa forma, certifique-se de que de fato, você apresenta os sintomas da COVID-19, elencados aqui no hotsite. Caso não seja esse o cenário, a recomendação é ficar em casa, e a procura de uma unidade de saúde deve ser reavaliada caso o quadro se agrave.

Imagem de leo2014 por Pixabay

O que devo fazer se apresentar os sintomas da COVID-19?
Se você tiver sintomas da infecção COVID-19, não saia de casa por 14 dias a partir do início dos sintomas. Seu médico assistente ou uma unidade básica de saúde devem ser procurados se você apresentar febre maior que 37,8°C por mais de 48h ou sintomas respiratórios como falta de ar. Utilize máscara se precisar sair para procurar atendimento médico em uma unidade de saúde.

O Isolamento nos casos suspeitos ou confirmados, deve ser realizado preferencialmente, em um quarto separado dos demais membros da sua família, com porta fechada e bem ventilado.

Se puder, utilize um banheiro separado do resto da família. As toalhas devem ser separadas para cada pessoa em sua casa, tanto para o banho quanto para fins de higiene das mãos. Se você compartilha o banheiro, é importante higienizá-lo todas as vezes que usar.

Para a limpeza da casa em geral e dos banheiros, utilizar uma parte de água sanitária para 9 partes de água. Atenção: maçanetas, corrimões, mesas, balcões devem receber a limpeza mais de uma vez ao dia. Objetos que devem receber atenção especial são os controles remotos, telefones fixos e aparelhos celulares. Higienize-os de duas à três vezes ao dia.

Se você compartilha uma cozinha com outras pessoas, evite usá-la enquanto os demais estiverem presentes. Você deverá realizar suas refeições no seu quarto e não nos locais onde as demais pessoas utilizam regularmente. Não compartilhe pratos, copos e talheres e após a utilização, os mesmos devem ser higienizados com água, detergente e álcool a 70%. Para secá-los, utilize um pano de prato separado.

Imagem de ivabalk por Pixabay

A lavagem das roupas de cama, toalhas e roupas em geral deve ser separada, sem misturar com outras peças da casa. Em hipótese alguma, a roupa deverá ser sacudida, evitando a propagação do vírus. Caso a roupa não possa ser higienizada no momento em que sair do quarto, a mesma deverá ficar embalada em saco de lixo.

O lixo do paciente, deverá ser embalado com dois sacos e separado do restante do lixo da casa. O cesto deverá ser higienizado com álcool a 70%.

Somente deixe o isolamento se seu médico autorizar.

Você deve cobrir com cotovelo flexionado o nariz e boca quando espirrar ou tossir. Poderá utilizar também um lenço descartável e lavar imediatamente as mãos. Caso utilize lenço descartável para higiene nasal, você deverá descartá-lo após o uso.

Lavar regularmente e cuidadosamente as mãos até os punhos com água e sabão ou álcool em gel à 70%, por 20 segundos várias vezes ao dia.

Por que ficar em casa é muito importante?
Ficar em casa enquanto você tem a COVID-19 ajuda a proteger seus amigos, colegas, sua família e a comunidade em geral. Também ajudará a controlar a propagação do vírus. Neste momento precisamos pensar no todo e cada um deve fazer a sua parte.

Mantenha contato com amigos e familiares por telefone ou através das mídias sociais.

Se você está assintomático também precisa permanecer em casa. Neste momento é muito importante a ajuda de

Imagem de Наркологическая Клиника por Pixabay

todos. Quando você fica em casa, você se protege e ajuda a frear da propagação da infecção.

Se alguém da minha família tiver a COVID-19, o que devo fazer?
Ficar em casa enquanto você tem a COVID-19 ajuda a proteger seus amigos, colegas, sua família e a comunidade em geral. Também ajudará a controlar a propagação do vírus. Neste momento precisamos pensar no todo e cada um deve fazer a sua parte.

Mantenha contato com amigos e familiares por telefone ou através das mídias sociais.

Se você está assintomático também precisa permanecer em casa. Neste momento é muito importante a ajuda de todos. Quando você fica em casa, você se protege e ajuda a frear da propagação da infecção.

Imagem de Tumisu por Pixabay

Como colocar, usar, retirar e descartar as máscaras?
Antes de colocar uma máscara, lave as mãos até os punhos com água e sabão ou com álcool em gel 70%. Cubra a boca e o nariz com a máscara e verifique se não há espaços entre o rosto e a máscara.

Evite tocar na máscara enquanto a estiver utilizando. Se o fizer, lave novamente as mãos até os punhos com água e sabão ou com álcool em gel 70%. Substitua a máscara por uma nova sempre que estiver úmida e não reutilize máscaras de uso único.

Para retirar a máscara nunca toque na parte da frente da mesma. Segure pelos elásticos ou a desamarre e descarte imediatamente em uma lixeira com tampa. Lave novamente as mãos até os punhos com água e sabão ou com álcool em gel 70%.

O lixo deverá ser embalado com dois sacos e separado do restante do lixo da casa. O cesto de lixo deverá ser higienizado com álcool a 70%.

Como a COVID-19 se espalha?

Imagem de Gerd Altmann por Pixabay

As pessoas podem se contaminar através de outras pessoas que têm o vírus. A doença pode se propagar através de pequenas gotículas do nariz ou da boca que se espalham quando uma pessoa fala, espirra ou tosse. Estas gotículas podem se alojar em objetos ou superfícies, e outra pessoa ao tocá-los e levar as mãos aos olhos, nariz ou boca, pode contaminar-se.

As pessoas também podem se contaminar com a COVID-19 se respirarem estas gotículas, com o aperto de mãos e o beijo. É por isso que se torna importante ficar a uma distância de 2 metros ou mais de      uma pessoa doente.

Quem tem mais riscos de desenvolver doenças graves?
São considerados de risco os idosos e as pessoas com condições médicas pré-existentes (como pressão alta, doenças cardíacas, doenças pulmonares, câncer, transplantados ou com diabetes).

Imagem de Gerd Altmann por Pixabay

Devo trocar meus medicamentos para hipertensão e diabetes?
De acordo com a posição da Sociedade Brasileira de Cardiologia, não devem ser suspensos ou trocados os medicamentos de hipertensão em casos de pacientes suspeitos ou confirmados da COVID-19.

Da mesma forma, os medicamentos para diabetes devem ser mantidos.

Somente substitua seus medicamentos se o seu médico assistente assim o determinar.

Os antibióticos são eficazes na prevenção ou tratamento da COVID-19?
Não. Os antibióticos não funcionam contra vírus. Eles funcionam apenas em infecções bacterianas. A COVID-19 é causada por um vírus, portanto os antibióticos não funcionam e não devem ser usados ​​como um meio de prevenção ou tratamento.

Imagem de Pexels por Pixabay

Existem medicamentos ou vacinas que podem prevenir ou curar a COVID-19?
Até o momento não há medicamento ou vacina para prevenir ou curar a COVID-19. Os medicamentos existentes servem apenas para minimizar os sintomas e devem ser administrados exclusivamente sob orientação médica. Não faça a automedicação.

Eu preciso para de amamentar se estiver com a COVID-19?
Atualmente não há evidências científicas que sugiram que o vírus possa ser transmitido através do leite materno. A infecção pode se espalhar para o bebê da mesma maneira que para qualquer pessoa em contato próximo com você. Os benefícios da amamentação superam quaisquer riscos potenciais de transmissão do vírus pelo leite materno ou por estar em contato próximo com seu filho. Se você desejar amamentar, tome precauções para limitar a possível propagação da COVID-19 ao bebê:

– Lavar as mãos antes de tocar no bebê, bomba de leite ou mamadeiras;
– Evitar tossir ou espirrar enquanto amamenta;
– Utilizar máscara de proteção ao se aproximar do bebê;
– Limpar a bomba de leite conforme recomendado pelo fabricante após cada uso;
– Se você estiver alimentando seu bebê com fórmula, esterilize a mamadeira cuidadosamente antes de cada uso. Você não deve compartilhar mamadeiras, chupetas ou bomba de leite com outra pessoa.

Imagem de Free-Photos por Pixabay

Posso transmitir a COVID19 para meu Pet (cães e gatos)?
Atualmente não há evidências de que animais de estimação, como cães e gatos, possam estar infectados com coronavírus.

Não estou doente, o que posso fazer para me prevenir?
Não há motivo para pânico, mas para cooperação.

Imagem de Klaus Hausmann por Pixabay

– Lave regularmente e cuidadosamente as mãos até os punhos com água e sabão ou álcool à 70%, por 20 segundos;- Mantenha pelo menos 2 metros de distância entre você e qualquer pessoa que esteja tossindo ou espirrando;
– Evite tocar nos olhos, nariz e boca. As mãos tocam muitas superfícies e uma vez contaminadas, elas podem transferir o vírus para os olhos, nariz ou boca. A partir desse momento, o vírus entra no seu corpo e pode deixa-lo doente;
– Governos e autoridades de saúde estão tomando medidas rigorosas para o controle do novo COVID-19.

Cumpra todas as restrições, evitando aglomerações. Somente saia de casa se for estritamente necessário.

A cooperação e os esforços de controle de doenças são capazes de reduzir o risco de pegar ou espalhar a COVID-19. Os surtos podem ser contidos e a transmissão interrompida, se cada um fizer a sua parte.

http://Fonte: https://www.bradescoseguros.com.br/clientes/produtos/plano-saude/informacoes-coronavirus

244 Visita(s) a esta matéria.