No dia 25/07, a Prefeitura de Salvador liberou o retorno das atividades de vários setores da economia e da vida social, através do Decreto nº 32.461 de 2020, e definiu protocolos que cada um deverá seguir. Dentre os setores liberados estão o das atividades dos templos religiosos.
Considerando que, socialmente, o Ideba enquadra-se como entidade religiosa, esta parte do protocolo é a que interessa à instituição.

Após a análise de todo o protocolo, refletir sobre a qualidade e especificidades de seu corpo social (frequentadores e integrantes) e principalmente a natureza dos trabalhos realizados no Ideba, entendeu o Corpo Diretivo que as atividades presenciais na Instituição só retornarão em janeiro de 2021, se a pandemia arrefecer a sua intensidade ou, no melhor cenário, com a descoberta da vacina contra o coronavírus.
Nossa atitude tem como objetivo fundamental preservar as vidas de todos que fazem parte e/ou frequentam o Instituto.

Nesse instante, gostaríamos de lembrar, para aqueles que acreditam que há um excesso de preocupação com essa medida, uma passagem significativa e emblemática da trajetória do mestre Jesus, quando esteve entre nós, que está em Mateus 4.5-7; Marcos 1. 12-13:

5Então o Diabo o conduziu à Cidade Santa, e colocou-o sobre a parte mais alta do templo e desafiou-lhe: 6“Se tu és o Filho de Deus, joga-te daqui para baixo. Pois está escrito: ‘Aos seus anjos dará ordens a teu respeito, e com as mãos eles te susterão, para que jamais tropeces em alguma pedra’”. 7Contestou-lhe Jesus: “Também está escrito: ‘Não tentarás o SENHOR teu Deus’”.

Ademais, da leitura do protocolo fica claro a impossibilidade para o Ideba adequar-se.

 

Instituto de Divulgação Espírita da Bahia

Corpo Diretivo

281 Visita(s) a esta matéria.